Finalizei “Para além da Ordem”

Como dito neste artigo, hoje venho dar o meu parecer final quanto ao livro “Para além da Ordem” de Jordan B. Peterson. Não que tenha muito a acrescentar, mas houve um capítulo que me tocou especialmente e venho falar dele.

A última das doze regras diz: “Apesar do seu sofrimento, seja grato”. Neste capítulo, o autor dá exemplos de pessoas que apesar do seu sofrimento conseguiram superá-lo e encontrar o seu rumo, o seu sentido. Saindo por cima dessas situações de forma grata, competente e consciente das suas limitações.

Partilho então 2 das muitas frases que anotei deste capítulo:

“Estamos gratos, também, não porque o sofrimento esteja ausente, mas porque é corajoso lembrar aquilo que temos e aquilo que nos pode ainda vir a ser oferecido.”

“Claro que somos oprimidos pela incerteza fundamental de Ser. Claro que a natureza nos ataca, de formas injustas e dolorosas. Claro que as nossas sociedades tendem para a tirania e as nossas mentes individuais para o mal. Mas isso não significa que não possamos ser bons, que as nossas sociedades não possam ser justas e que o mundo natural não possa ordenar-se a nosso favor.”

Se gostaste do teor destas frases, tenho a certeza que este livro é para ti. Recomendo bastante.